segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Como Está Minha Saúde?

O Sol, do tarot Namur.
Uma amiga que não vejo há anos me ligou ontem marcando uma consulta de tarot para semana que vem, porém pediu que eu colhesse antes disso uma mensagem sobre a sua saúde, pois estava muito aflita, não me dando nenhuma pista do que se tratava. Foi o que fiz, me concentrei na minha amiga e puxei três cartas, somente dos arcanos maiores, pois é assim que leio o tarot quando a consulta é à distância. As cartas que saíram foram as seguintes: O Sol, que apareceu na situação, mostrando proteção à integridade da sua saúde física e ao fluxo de energia vital também. Parecia ser mesmo um bom augúrio. Na oposição apareceu o arcano de O Diabo, e aí comecei a entender o motivo da pressa na avaliação do seu quadro de saúde. Este arcano revelou um acúmulo de sentimentos pesados e negativos que estavam em ebulição dentro dela. Coisas como raiva, mágoa, e uma profunda angústia, e isso parecia a estar afetando fisicamente, de modo psicossomático. Ficou evidente para mim também de que ela não estava sabendo lidar com tais sentimentos, e que isso estava sendo “engolido” todos os dias. 
O Diabo, do tarot Namur.
Na síntese do jogo de três cartas, como resposta final, apareceu A Torre, um arcano que expressa dores físicas, e geralmente associadas a ossos, coluna e músculos, numa expressão de tensões acumuladas. O que fazia todo o sentido, tendo em vista o arcano anterior. A Torre também me transmitiu a ideia de topo (cabeça) e me fez intuir que ela devia estar sofrendo de dores de cabeça, e provavelmente também de insônia, com pensamentos repetitivos e indesejáveis! Ao calcular o arcano oculto da leitura, que é a soma de todos os números dos arcanos maiores que estavam na mesa, 19+15+16 = 50 = 5 + 0... O resultado foi 5, o número de O Hierofante. Este arcano está associado a todo tipo de terapeutas, do xamã ao médico alopata, o que me fez crer que minha amiga estava sob cuidados especializados, ou na iminência de fazê-lo. 
A Torre, do tarot Namur.
Via mensagem de texto descrevi todo o resultado dessa breve leitura para ela, e a resposta foi um contundente sim! Ela contou que esteve em tratamento para o tabagismo e isso desencadeou entre outras coisas, insônia, enxaquecas e depressão. Com isso sua sensibilidade emocional ficou extrema, causando a tal ebulição que eu descrevi, e que de fato ela não sabia o que fazer com todas aquelas emoções. Procurou um psiquiatra para tratar a depressão, e o remédio indicado desencadeou violentos efeitos colaterais. Tensões musculares e dores nas articulações se fizeram presente de modo perturbador. Ela revelou que nos últimos anos sofria de dores ósseas que se originaram de degenerações na coluna, que sob o efeito do tal remédio pioraram e muito! 
O Hierofante,
do tarot Namur.
O motivo da pergunta antecipada sobre sua saúde era saber se isso passaria logo, pois havia trocado de médico, e esse havia suspendido a medicação... O que deixou mais claro ainda para mim a proteção representada pelo arcano de O Sol no início da leitura. Eu disse que ela podia relaxar, pois apesar de ainda estar sofrendo os efeitos revelados, e confirmados por ela, o restabelecimento do seu bem estar estava a caminho. Ela me agradeceu aliviada dizendo que tinha muito mais coisas para ver no tarot, e para me contar. Mandamos beijos e abraços virtuais, nos veremos semana que vem...

Leia também: Lendo com 3 Cartas 

Obs: Para ver os arcanos em tamanho natural clique nas imagens.