quarta-feira, 22 de setembro de 2021

A Proposta de Cada Geração

Ficar atento ao próprio caminho deve ser
nossa única orientação, afinal somente ele
é mesmo nossa inteira responsabilidade!

Conversando com um amigo, que se diz chocado com a leviandade com que os temas espirituais, ocultos e holísticos vêm sendo tratados ultimamente, eu disse a ele que cheguei à conclusão que se cremos que está tudo certo dentro de um plano de realização maior, tudo o que nos resta são duas coisas: confiar no fluxo da vida, e também orientar! **Quem tem mais de 45 anos, e é da geração pré redes sociais e internet, sabe muito bem que no passado os temas do ocultismo eram tratados com infinitamente mais cuidado do que hoje em dia. Livros eram caros, e muitos raros, e era bem comum que estudiosos mais devotados a propagar o conhecimento de uma certa disciplina tirassem fotocópias de seus originais, ou que na intenção de preservar a obra se pusessem devotadamente a datilografar a peça. O máximo que se fazia era ressarcir o valor da impressão, mas também havia os que o faziam isso de graça. Os livros importados só entraram no país a partir de 1992. Um livro era tratado como uma joia, devorado sequiosamente pela madrugada, e nos fins de semana, apertando os olhos à luz fraca para sorver-lhes o rico conteúdo!

Não havia aulas, consultas ou encontros virtuais, e nós cruzávamos a cidade para encontrar professores e consultores, ouvir palestras, muitas delas realizadas nas casas desses mestres ou buscadores mais velhos... Lembro de aos 16 anos de idade faltar uma noite de aula (porque de dia eu já trabalhava) para assistir uma palestra sobre astrologia esotérica! Na maioria das vezes, nessas incursões, íamos de ônibus mesmo, saindo muito antes do horário marcado para sermos pontuais. Os buscadores sinceros devem se lembrar do constrangimento que sentíamos em cobrar quando finalmente estávamos prestes a exercer na prática aquilo que amávamos, no anseio de aprender ainda mais, evoluir e estimular os outros a fazer o mesmo. A cobrança parecia comercial demais ao nosso imenso devotamento. Éramos taxados ou de charlatães, de malucos ou ainda de satanistas. Eram inúmeros os preconceitos, mesmo assim nos sentíamos impelidos a divulgar as matérias que sabíamos serem transformadoras da consciência e condutoras da luz espiritual e do esclarecimento interior. E esses eram nossos desafios e nossa proposta, assim era o nosso tempo! Bem, fomos vitoriosos! Hoje leituras de tarot e mapa astral, estudos numerológicos e grupos de estudo cabalístico, por exemplo, não são mais vistos como excentricidade, nem maluquice ou coisa de gente estranha ou desocupada! As terapias holísticas ou integrativas são buscadas naturalmente. Percebe-se o valor dessas disciplinas para a orientação e o crescimento interior. O máximo que se sabia da astrologia eram as previsões de jornal, ou de rádio popularizadas pelo astrólogo, jornalista e sociólogo Omar Cardoso, ou pela tevê aqui do Rio Grande do Sul pela astróloga Zora Yonara num programa que durou 16 anos! Agora não. Há youtubers falando de astrologia, tarot, magia wicca, cabala etc, com milhares de seguidores, perfis no Instagram... E nenhum deles com pruridos para cobrar coisa nenhuma! Enfim, a popularização virou também vulgarização. Vemos os temas que admirávamos serem tratados como entretenimento. Coisas do tipo: “qual signo beija melhor?” ou “descubra como é cada signo na balada!”, e por vai. Previsões tarológicas para signos, artistas e para as copas do Brasil, do mundo... E tem também aqueles que usam descaradamente esses conhecimentos como um folhetim político. Tudo de arrepiar! Porém este é o tempo desta nova geração, e cabe a eles descobrir qual sua proposta com esses estudos. Há sim um excesso de mente, e um comportamento maníaco de muitos terapeutas de ficar fazendo cursos atrás de cursos, acumulando certificados, para se sentirem “evoluindo” na caminhada...

O Caminho de cada buscador é único, 
ao mesmo tempo que sofre os desafios
próprios de cada período da história
em que esse buscador se encontra!

Sem falar nas associações disso e daquilo, imitações do sistema podre que criou todos os problemas sociais que vivemos ainda hoje! Pois é, também não se têm uma noção muito clara do que é uma caminhada espiritual hoje em dia. E este é o desafio dessa geração! Cabe a eles garimpar entre essa miríade de canais no YouTube, perfis do Instagram, livros virtuais, workshops de formação disso e daquilo onde estão aquelas trigêmeas indispensáveis: a verdade, a seriedade e a profundidade. A nós que bebemos em fontes mais limpas cabe orientar aqueles que nos procurarem quando e se, é claro, nos pedirem orientação. Acreditem está tudo certo, tudo corre como deveria ser. Sempre foram muitos os chamados e poucos os escolhidos. Não acrescenta nada ao Caminho e à nossa própria trajetória ficar distraindo-se com os equívocos alheios, isso é uma perigosa armadilha do ego. Estamos todos aprendendo e evoluindo o tempo todo por toda nossa passagem terrena, e aquele que se julga pronto, com certeza, ainda não aprendeu nada! 

**Tem pessoas com mais de 45 anos que começaram sua jornada agora, pois nos anos 70 e 80 estavam alienadas da realidade espiritual, assim sendo e apesar da idade, são pertencentes a esta geração atual, cometem seus mesmos equívocos e devem enfrentar os mesmos dilemas!


segunda-feira, 9 de agosto de 2021

A Música dos Arcanos do Tarot

A Estrela, do Halsey's Hopeless Fountain tarot.

Acho adorável a interação entre a arte e as linguagens simbólicas arquetípicas oraculares, essa ponte entre criatividade, imaginação e intuição profunda cria elos que facilitam a compreensão de uma simbologia muito hermética, como a do tarot! O que acaba facilitando a interpretação das mensagens expressas pelos símbolos numa leitura. Claro que esse “casamento” entre expressão artística e o escopo simbólico não é total, e nem totalmente cambiável, porém pode ser rica, e cheia de possibilidades. A seguir apresento algumas das músicas populares brasileiras (MPB) que sinto corresponderem aos significados mais evidentes, ou mais profundos certas vezes, de cada um dos 22 arcanos maiores do tarot, para ampliar suas possibilidades interpretativas segundo a sensibilidade de cada leitor.

Vamos a elas:

A MÚSICA DO ARCANO DE "O MAGO"
 O Mago, do Thoth tarot

O Arcano Simboliza: O poder de cocriação da realidade. A expressão dos talentos da alma. A Luz (A Divindade) Interior. Inteligência Superior. A força do Espírito. Destreza. Flexibilidade.

GITA

Eu, que já andei pelos quatro cantos do mundo procurando

Foi justamente num sonho que Ele me falou

 

Às vezes você me pergunta

Por que é que eu sou tão calado

Não falo de amor quase nada

Nem fico sorrindo ao teu lado

 

Você pensa em mim toda hora

Me come, me cospe, me deixa

Talvez você não entenda

Mas hoje eu vou lhe mostrar

 

Eu sou a luz das estrelas

Eu sou a cor do luar

Eu sou as coisas da vida

Eu sou o medo de amar

 

Eu sou o medo do fraco

A força da imaginação

O blefe do jogador

Eu sou, eu fui, eu vou

 

(Gita! Gita! Gita! Gita! Gita!)

 

Eu sou o seu sacrifício

A placa de contramão

O sangue no olhar do vampiro

E as juras de maldição

 

Eu sou a vela que acende

Eu sou a luz que se apaga

Eu sou a beira do abismo

Eu sou o tudo e o nada

 

Por que você me pergunta?

Perguntas não vão lhe mostrar

Que eu sou feito da terra

Do fogo, da água e do ar

 

Você me tem todo dia

Mas não sabe se é bom ou ruim

Mas saiba que eu estou em você

Mas você não está em mim

 

Das telhas, eu sou o telhado

A pesca do pescador

A letra A tem meu nome

Dos sonhos, eu sou o amor

 

Eu sou a dona de casa

Nos pegue-pagues do mundo

Eu sou a mão do carrasco

Sou raso, largo, profundo

 

(Gita! Gita! Gita! Gita! Gita!)

 

Eu sou a mosca da sopa

E o dente do tubarão

Eu sou os olhos do cego

E a cegueira da visão

 

Eu, mas eu sou o amargo da língua

A mãe, o pai e o avô

O filho que ainda não veio

O início, o fim e o meio

O início, o fim e o meio

Eu sou o início, o fim e o meio

Eu sou o início, o fim e o meio

Compositores: Paulo Coelho Souza / Raul Santos Seixas

A MÚSICA DO ARCANO DE "A SACERDOTISA

A Sacerdotisa do Thoth tarot.

O Arcano Simboliza: Introspecção. Vida Interior. Espiritualidade. Intuição. Mediunidade plena e centrada. Conexão íntima com os planos Superiores de Consciência. Resiliência psicológica.

BRINCAR DE VIVER

Quem me chamou

Quem vai querer voltar pro ninho

E redescobrir seu lugar

Pra retornar

E enfrentar o dia-a-dia

Reaprender a sonhar

 

Você verá que é mesmo assim

Que a história não tem fim

Continua sempre que você

Responde sim à sua imaginação

A arte de sorrir

Cada vez que o mundo diz não

 

Você verá

Que a emoção começa agora

Agora é brincar de viver

E não esquecer

Ninguém é o centro do universo

Assim é maior o prazer

 

Você verá que é mesmo assim

Que a história não tem fim

Continua sempre que você

Responde sim à sua imaginação

A arte de sorrir

Cada vez que o mundo diz não

 

E eu desejo amar todos

Que eu cruzar pelo meu caminho

Como sou feliz, eu quero ver feliz

Quem andar comigo, vem

 

Você verá que é mesmo assim

Que a história não tem fim

Continua sempre que você

Responde sim à sua imaginação

A arte de sorrir

Cada vez que o mundo diz não

Compositores: Guilherme Arantes / Jon Marcus Lucien

A MÚSICA DO ARCANO DE "A IMPERATRIZ"

A Imperatriz do Vision Quest tarot.

O Arcano Simboliza: Natureza. Beleza. Arte. Inspiração e criatividade. Cuidado amoroso. Mãe e maternidade. Nutrição. Crescimento. Prosperidade. Abundância. Fertilidade. A Terra. 

PLANETA ÁGUA

Água que nasce na fonte

Serena do mundo

E que abre um profundo grotão

Água que faz inocente

Riacho e desagua

Na corrente do Ribeirão

 

Águas escuras dos rios

Que levam a fertilidade ao sertão

Águas que banham aldeias

E matam a sede da população

 

Águas que caem das pedras

No véu das cascatas

Ronco de trovão

E depois dormem tranquilas

No leito dos lagos

No leito dos lagos

 

Água dos igarapés

Onde Iara mãe d'água

É misteriosa canção

Água que o sol evapora

Pro céu vai embora

Virar nuvens de algodão

 

Gotas de água da chuva

Alegre arco-íris

Sobre a plantação

Gotas de água da chuva

Tão triste são lágrimas

Na inundação

 

Águas que movem moinhos

São as mesmas águas

Que encharcam o chão

E sempre voltam humildes

Pro fundo da terra

Pro fundo da terra

 

Terra! Planeta água

Terra! Planeta água

Terra! Planeta água

 

Água que nasce na fonte

Serena do mundo

E que abre um profundo grotão

Água que faz inocente

Riacho e desagua

Na corrente do Ribeirão

 

Águas escuras dos rios

Que levam a fertilidade ao sertão

Águas que banham aldeias

E matam a sede da população

 

Águas que movem moinhos

São as mesmas águas

Que encharcam o chão

E sempre voltam humildes

Pro fundo da terra

Pro fundo da terra

 

Terra! Planeta água

Terra! Planeta água

Terra! Planeta água

 

Terra! Planeta água

Terra! Planeta água

Terra! Planeta água

Compositor: Guilherme Arantes

A MÚSICA DO ARCANO DE "O IMPERADOR" 

O Imperador, do Thoth tarot.

O Arcano Simboliza: Liderança. Poder. Governo. Razão. Ciência. Método e estratégia. Construção. Aquisição e patrimônio. Segurança e estabilidade. Virilidade. Pai e paternidade.

MORENO MORENO

Te trouxe meus olhos lavados no rio

Flores do campo e meu colo macio

Moreno, moreno

 

Te trouxe os respingos da chuva miúda

O verde novinho das ramas e mudas

Moreno, moreno

 

Te trouxe a chave do meu coração

Fechado, selado de tanta paixão

Para que fosses dono e senhor

De mim, de mim

 

Te trouxe o que tenho à boca sedenta

Secretos desejos, meu beijo de menta

Moreno, moreno

 

Te trouxe agrados com mãos de cetim

E a fogueira que arde bem dentro de mim

Ah, moreno, moreno

 

Te trouxe a chave do meu coração

Fechado, selado de tanta paixão

Para que fosses dono e senhor

De mim, de mim

 

Te trouxe a chave do meu coração

Fechado, selado de tanta paixão

Para que fosses dono e senhor

De mim, de mim, ahhhh

 

Te trouxe a chave do meu coração

Fechado, selado de tanta paixão

Para que fosses dono e senhor

De mim, de mim

Canta: Lúcia Helena

A MÚSICA DO ARCANO DE "O HIEROFANTE"

O Hierofante, do Mythic tarot.

O Arcano Simboliza: O Mestre. O Professor. O Xamã. O Bom Exemplo. O Consultor e Conselheiro. O Iniciador dos Mistérios Ocultos. O encontro da Vocação da Alma. O amigo sincero. A realização do propósito da alma.

CANÇÃO DA AMÉRICA

Amigo é coisa pra se guardar

Debaixo de sete chaves

Dentro do coração

Assim falava a canção que na América ouvi

Mas quem cantava chorou

Ao ver o seu amigo partir

 

Mas quem ficou, no pensamento voou

Com seu canto que o outro lembrou

E quem voou, no pensamento ficou

Com a lembrança que o outro cantou

 

Amigo é coisa para se guardar

No lado esquerdo do peito

Mesmo que o tempo e a distância digam "não"

Mesmo esquecendo a canção

O que importa é ouvir

A voz que vem do coração

 

Pois seja o que vier (seja o que vier)

Venha o que vier (venha o que vier)

Qualquer dia, amigo, eu volto

A te encontrar

Qualquer dia, amigo, a gente vai se encontrar

 

Seja o que vier (seja o que vier)

Venha o que vier (venha o que vier)

Qualquer dia, amigo, eu volto

A te encontrar

Qualquer dia, amigo, a gente vai se encontrar

Compositores: Fernando Brant / Milton Nascimento

A MÚSICA DO ARCANO DE "OS AMANTES"

Os Amantes, do Morgan-Greer tarot.

O Arcano Simboliza: Amor. Escolhas. Decisões tomadas a partir do coração. Envolvimento. Atração. Atuação em duas ou mais atividades. Maturidade para escolher. Dar ouvidos ao que se sente. Ouvir quem se ama e confia. Interferências. Livre arbítrio.

FALTANDO UM PEDAÇO

O amor é um grande laço

Um passo pr'uma armadilha

Um lobo correndo em círculos

Pra alimentar a matilha

 

Comparo com sua chegada

Com a fuga de uma ilha

Tanto engorda quanto mata

Feito desgosto de filha

 

O amor é como um raio

Galopando em desafio

Abre fendas cobre vales

Revolta as águas dos rios

 

Quem tentar seguir seu rastro

Se perderá no caminho

Na pureza de um limão

Ou na solidão do espinho

 

O amor e a agonia

Cerraram fogo no espaço

Brigando horas a fio

O cio vence o cansaço

 

E o coração de quem ama

Fica faltando um pedaço

Que nem a Lua minguando

Que nem o meu nos seus braços

Compositor: Djavan 

A MÚSICA DO ARCANO DE "O CARRO"

O Carro, do Morgan-Greer tarot.

O Arcano Simboliza: Novos começos. Impulso. Avanço. Progresso. O Guerreiro Interior. Determinação e disciplina. Meta. Controle sobre as mazelas interiores e exteriores.

BLOCO NA RUA

Há quem diga que eu dormi de touca

Que eu perdi a boca, que eu fugi da briga

Que eu caí do galho e que não vi saída

Que eu morri de medo quando o pau quebrou

 

Há quem diga que eu não sei de nada

Que eu não sou de nada e não peço desculpas

Que eu não tenho culpa, mas que eu dei bobeira

E que Durango Kid quase me pegou

 

Eu quero é botar meu bloco na rua

Brincar, botar pra gemer

Eu quero é botar meu bloco na rua

Gingar, pra dar e vender

 

Eu, por mim, queria isso e aquilo

Um quilo mais daquilo, um grilo menos disso

É disso que eu preciso ou não é nada disso

Eu quero é todo mundo nesse carnaval

 

Eu quero é botar meu bloco na rua

Brincar, botar pra gemer

Eu quero é botar meu bloco na rua

Gingar, pra dar e vender

Compositor: Sérgio Sampaio 

A MÚSICA DO ARCANO DE "A JUSTIÇA"

A Justiça do Tarot Namur.

O Arcano Simboliza: Justiça. Verdade. Retificação. Ajustamento. Confrontação com a realidade. Equilíbrio. Bom senso. Uso crítico da razão. Comprometimento. Responsabilidade.

NADA POR MIM

Você me tem fácil demais

E não parece capaz

De cuidar do que possui

Você sorriu e me propôs

Que eu te deixasse em paz

Me disse vai, e eu não fui

 

Não faça assim

Não faça nada por mim

Não vá pensando que eu sou seu

 

Não faça assim

Não faça nada por mim

Não vá pensando que eu sou seu

 

Você me diz o que fazer

Mas não procura entender

Que eu faço só pra te agradar

Me diz até o que vestir

Com quem andar e aonde ir

E não me pede pra voltar

 

Não faça assim

Não faça nada por mim

Não vá pensando que eu sou seu

 

Não faça assim

Não faça nada por mim

Não vá pensando que eu sou seu 

Compositores: Herbert Vianna / Paula Toller 

A MÚSICA DO ARCANO DE "O EREMITA"

O Eremita, do Tarot Namur.

O Arcano Simboliza: Solidão. Carência. Retiro. Prudência. Sabedoria, ou a busca pela Sabedoria. Profundidade. Austeridade. Humildade. Reflexão. Averiguação. Maturidade.

CERTAS COISAS

Não existiria som

Se não houvesse o silêncio

Não haveria luz

Se não fosse a escuridão

A vida é mesmo assim

Dia e noite, não e sim

 

Cada voz que canta o amor não diz

Tudo o que quer dizer

Tudo o que cala fala

Mais alto ao coração

Silenciosamente eu te falo com paixão

 

Eu te amo calado

Como quem ouve uma sinfonia

De silêncios e de luz

Nós somos medo e desejo

Somos feitos de silêncio e som

Tem certas coisas que eu não sei dizer

 

A vida é mesmo assim

Dia e noite, não e sim

 

Cada voz que tanto amou não diz

Tudo o que quer dizer

Tudo o que cala fala

Mais alto ao coração

Silenciosamente eu te falo com paixão

 

Eu te amo calado

Como quem ouve uma sinfonia

De silêncios e de luz

Nós somos medo e desejo

Somos feitos de silêncio e som

Tem certas coisas que eu não sei dizer

Compositores: Lulu Santos / Nelson Motta 

A MÚSICA DO ARCANO DE "A RODA DA FORTUNA"

A Roda da Fortuna, do Mythic tarot,

O Arcano Simboliza: Mudança. Renovação. A Transitoriedade ou Impermanência da vida. Uma virada radical nos eventos. Os ciclos que se repetem até que se evolua. Instabilidade. Repetição dos erros.

COMO UMA ONDA

Nada do que foi será

De novo do jeito que já foi um dia

Tudo passa, tudo sempre passará

 

A vida vem em ondas, como um mar

Num indo e vindo infinito

 

Tudo o que se vê não é

Igual ao que a gente viu há um segundo

Tudo muda o tempo todo no mundo

 

Não adianta fugir

Nem mentir pra si mesmo agora

Há tanta vida lá fora

Aqui dentro, sempre

Como uma onda no mar

Como uma onda no mar

Como uma onda no mar

Como uma onda no

 

Nada do que foi será

De novo do jeito que já foi um dia

Tudo passa, tudo sempre passará

 

A vida vem em ondas, como um mar

Num indo e vindo infinito

 

Tudo o que se vê não é

Igual ao que a gente viu há um segundo

Tudo muda o tempo todo no mundo

 

Não adianta fugir

Nem mentir pra si mesmo agora

Há tanta vida lá fora

Aqui dentro sempre

Como uma onda no mar

Como uma onda no mar

Como uma onda no mar

 

Como uma onda no mar

Como uma onda no mar

Como uma onda no mar

Compositores: Lulu Santos / Nelson Motta 

A MÚSICA DO ARCANO DE "A FORÇA"

A Força, do Thoth tarot.

O Arcano Simboliza: Poder pessoal. Força. Magnetismo. Carisma. Autoconfiança. Sedução. Libido. Conquista. Êxito após grande empenho. Vitória da vontade. Afirmação do "Eu".

DIAMANTE VERDADEIRO

Nesse universo todo de brilhos e bolhas

Muitos beijinhos, muitas rolhas

Disparadas dos pescoços da Chandon

Não cabe um terço de meu berço de menino

 

Você se chama grã-fino e eu afino

Tanto quanto desafino do seu tom

Pois francamente meu amor

Meu ambiente é o que se instaura de repente

 

Onde quer que chegue, só por eu chegar

Como pessoa soberana nesse mundo

Eu vou fundo na existência

E para nossa convivência

Você também tem que saber se inventar

 

Pois todo toque do que você faz e diz

Só faz fazer de Nova Iorque, algo assim como Paris

Enquanto eu invento e desinvento moda

Minha roupa, minha roda

 

Brinco entre o que deve e o que não deve ser

E pulo sobre as bolhas da champanhe que você bebe

E bailo pelo alto de sua montanha de neve

 

Eu sou primeiro, eu sou mais leve, eu sou mais eu

Do mesmo modo como é verdadeiro

O diamante que você me deu

 

Pois todo toque do que você faz e diz

Só faz fazer de Nova Iorque, algo assim como Paris

Enquanto eu invento e desinvento moda

Minha roupa, minha roda

 

Brinco entre o que deve e o que não deve ser

E pulo sobre as bolhas da champanhe que você bebe

E bailo pelo alto de sua montanha de neve

 

Eu sou primeiro, eu sou mais leve, eu sou mais eu

Do mesmo modo como é verdadeiro

O diamante que você me deu

Compositor: Caetano Veloso 

A MÚSICA DO ARCANO DE "O ENFORCADO"

O Enforcado, do Rider-Waite tarot.

O Arcano Simboliza: Estagnação. Sacrifício (voluntário ou não). Desilusão. Confusão. Desapontamento. Mudança de perspectiva. Aprendizado pelo desconforto. Entrega.

MEU MUNDO E NADA MAIS

Quando eu fui ferido

Vi tudo mudar

Das verdades

Que eu sabia

 

Só sobraram restos

Que eu não esqueci

Toda aquela paz

Que eu tinha

 

Eu que tinha tudo

Hoje estou mudo

Estou mudado

À meia-noite, à meia luz

Pensando!

Daria tudo, por um modo

De esquecer

 

Eu queria tanto

Estar no escuro do meu quarto

À meia-noite, à meia luz

Sonhando!

Daria tudo, por meu mundo

E nada mais

 

Não estou bem certo

Se ainda vou sorrir

Sem um travo de amargura

 

Como ser mais livre

Como ser capaz

De enxergar um novo dia

 

Eu que tinha tudo

Hoje estou mudo

Estou mudado

À meia-noite, à meia luz

Pensando!

Daria tudo, por um modo

De esquecer

 

Eu queria tanto

Estar no escuro do meu quarto

À meia-noite, à meia luz

Sonhando!

Daria tudo, por meu mundo

E nada mais

Compositor: Guilherme Arantes 

A MÚSICA DO ARCANO DE "A MORTE"

A Morte, do Osho Zen tarot.

O Arcano Simboliza: Transformação. Morte. Rompimento definitivo com um vínculo ou estrutura. Abandono do velho ou desnecessário. Doença. Tristeza. Depressão. Letargia. Perda das forças.

FLOR DE IR EMBORA

Flor de ir embora

É uma flor que se alimenta do que a gente chora

Rompe a terra decidida

Flor do meu desejo de correr o mundo afora

Flor de sentimento

Amadurecendo aos poucos a minha partida

Quando a flor abrir inteira

Muda a minha vida

Esperei o tempo certo

E lá vou eu

E lá vou eu

Flor de ir embora, eu vou

Agora esse mundo é meu

Compositora: Fátima Guedes 

A MÚSICA DO ARCANO DE "A TEMPERANÇA"

A Temperança, do Tarot Namur.

O Arcano Simboliza: Harmonia. Conciliação ou reconciliação de partes divergentes. Integração de todos os aspectos da psique. Despertar de perspectivas que impulsionam o crescimento. Conexão profunda com algo ou alguém.

DE VOLTA PRO MEU ACONCHEGO

Estou de volta pro meu aconchego

Trazendo na mala bastante saudade

Querendo um sorriso sincero, um abraço

Para aliviar meu cansaço

E toda essa minha vontade

 

Que bom poder tá contigo de novo

Roçando teu corpo e beijando você

Pra mim tu és a estrela mais linda

Teus olhos me prendem, fascinam

A paz que eu gosto de ter

 

É duro ficar sem você vez em quando

Parece que falta um pedaço de mim

Me alegro na hora de regressar

Parece que vou mergulhar

Na felicidade sem fim

Compositores: Dominguinhos / Nando Cordel

A MÚSICA DO ARCANO DE "O DIABO"

O Diabo, do Thoth tarot.

O Arcano Simboliza: Paixão. Brincadeiras. Sexualidade. Força íntima. Poder. Materialidade. Corpo e instinto. Magia negra. Vício e servidão. Ausência de limites. Intrigas. Ardis do poder. Maledicência.

POR QUE A GENTE É ASSIM?

Mais uma dose?

É claro que eu estou a fim

A noite nunca tem fim

Por que que a gente é assim?

 

Agora fica comigo

E vê se não desgruda de mim

Vê se ao menos me engole

Mas não me mastiga assim

 

Canibais de nós mesmos

Antes que a terra nos coma

Cem gramas, sem dramas

Por que que a gente é assim?

 

Mais uma dose?

É claro que eu tô a fim

A noite nunca tem fim

Baby, por que a gente é assim?

 

Você tem exatamente

Três mil horas pra parar de me beijar

Hum, meu bem, você tem tudo

Pra me conquistar

 

Você tem exatamente

Um segundo pra aprender a me amar

Você tem a vida inteira

Pra me devorar

Pra me devorar!

 

Você tem exatamente

Três mil horas pra parar de me beijar

Hum, meu bem, você tem tudo, tudo

Pra me conquistar

 

Você tem exatamente

Um segundo pra aprender a me amar

Ah, cê tem a vida inteira, baby

Pra me devorar

Pra me devorar!

 

Mais uma dose?

É claro que eu tô a fim

A noite nunca tem fim

Por que a gente é assim?

Compositores: Agenor Neto (Cazuza) / Roberto Frejat / José Neves

A MÚSICA DO ARCANO DE "A TORRE"

A Torre, do Morgan-Greer tarot.

O Arcano Simboliza: Crise. Ruptura. Queda. Desestruturação. Tensão. Preocupação. Rompante violento. Agitação. Libertação. Saída de estruturas opressoras. Percepção súbita.

PRA NÃO DIZER QUE NÃO FALEI DE FLORES

Caminhando e cantando e seguindo a canção

Somos todos iguais, braços dados ou não

Nas escolas, nas ruas, campos, construções

Caminhando e cantando e seguindo a canção

 

Vem, vamos embora, que esperar não é saber

Quem sabe faz a hora, não espera acontecer

Vem, vamos embora, que esperar não é saber

Quem sabe faz a hora, não espera acontecer

 

Pelos campos há fome em grandes plantações

Pelas ruas marchando indecisos cordões

Ainda fazem da flor seu mais forte refrão

E acreditam nas flores vencendo o canhão

 

Vem, vamos embora, que esperar não é saber

Quem sabe faz a hora, não espera acontecer

Vem, vamos embora, que esperar não é saber

Quem sabe faz a hora, não espera acontecer

 

Há soldados armados, amados ou não

Quase todos perdidos de armas na mão

Nos quartéis lhes ensinam uma antiga lição

De morrer pela pátria e viver sem razão

 

Vem, vamos embora, que esperar não é saber

Quem sabe faz a hora, não espera acontecer

Vem, vamos embora, que esperar não é saber

Quem sabe faz a hora, não espera acontecer

 

Nas escolas, nas ruas, campos, construções

Somos todos soldados, armados ou não

Caminhando e cantando e seguindo a canção

Somos todos iguais, braços dados ou não

 

Os amores na mente, as flores no chão

A certeza na frente, a história na mão

Caminhando e cantando e seguindo a canção

Aprendendo e ensinando uma nova lição

 

Vem, vamos embora, que esperar não é saber

Quem sabe faz a hora, não espera acontecer

Vem, vamos embora, que esperar não é saber

Quem sabe faz a hora, não espera acontecer

 

Vem, vamos embora, que esperar não é saber

Quem sabe faz a hora, não espera acontecer

Vem, vamos embora, que esperar não é saber

Quem sabe faz a hora, não espera acontecer

 

Vem, vamos embora...

Compositor: Geraldo Vandré

A MÚSICA DO ARCANO DE "A ESTRELA"

A Estrela, do Ancient Italian tarot.

O Arcano Simboliza: Esperança. Positivismo. Ampliação da percepção. Conexão com o todo. Comunidade. Grupos de afinidade. Natureza. Campos de energia. Vislumbre ou reflexão sobre o porvir. Humildade.

TE DESEJO VIDA

Eu te desejo vida, longa vida

Te desejo a sorte de tudo que é bom

De toda alegria, ter a companhia

Colorindo a estrada em seu mais belo tom

 

Eu te desejo a chuva na varanda

Molhando a roseira pra desabrochar

E dias de sol pra fazer os teus planos

Nas coisas mais simples que se imaginar

 

E dias de sol pra fazer os teus planos

Nas coisas mais simples que se imaginar

 

Eu te desejo a paz de uma andorinha

No voo perfeito, contemplando o mar

E que a fé movedora de qualquer montanha

Te renove sempre, te faça sonhar

 

Mas se vier as horas de melancolia

Que a lua tão meiga venha te afagar

E que a mais doce estrela seja tua guia

Como mãe singela a te orientar

 

Eu te desejo mais que mil amigos

A poesia que todo poeta esperou

Coração de menino cheio de esperança

Voz de pai amigo e olhar de avô

 

Eu te desejo muito mais que mil amigos

A poesia que todo poeta esperou

Coração de menino cheio de esperança

Voz de pai amigo e olhar de avô

Compositora: Flávia Wenceslau

A MÚSICA DO ARCANO DE "A LUA"

A Lua, do Morgan-Greer tarot.

O Arcano Simboliza: As Sombras da Alma. Medos. Fobias. Assuntos e sentimentos não resolvidos. Angústia. Falta de perspectivas. O Oculto. O Karma. Negociações às escuras. Tramas ocultas. Falsas aparências. Fantasia. Imaginação. Mediunidade que aflora.

NOTURNO

O aço dos meus olhos, e o fel das minhas palavras

Acalmaram meu silêncio mas deixaram suas marcas

Se hoje sou deserto é que eu não sabia

Que as flores com o tempo

Perdem a força e a ventania vem mais forte

 

Hoje só acredito no pulsar das minhas veias

E aquela luz que havia em cada ponto de partida

Há muito me deixou, há muito me deixou

 

Ai, coração alado

Desfolharei meus olhos neste escuro véu

Não acredito mais no fogo ingênuo da paixão

São tantas ilusões perdidas na lembrança

Nessa estrada só quem pode me seguir sou eu

Sou eu, sou eu, sou eu

 

Hoje só acredito no pulsar das minhas veias

E aquela luz que havia em cada ponto de partida

Há muito me deixou há muito me deixou

 

Ai, coração alado

Desfolharei meus olhos neste escuro véu

Não acredito mais no fogo ingênuo da paixão

São tantas ilusões perdidas na lembrança

Nessa estrada só quem pode me seguir, sou eu

Sou eu, sou eu, sou eu

 

Ai, coração alado

Desfolharei meus olhos neste escuro véu

Não acredito mais no fogo ingênuo, da paixão

São tantas ilusões perdidas na lembrança

Nessa estrada, só quem pode me seguir, sou eu

Sou eu, sou eu, sou eu

Compositores: Graco / Caio Silva 

A MÚSICA DO ARCANO DE "O SOL"

 

O Sol, do Thoth tarot.

O Arcano Simboliza: Iluminação. Clareza. Foco. Energia. Alegria. Felicidade. Saúde e vigor. Amor pleno e maduro. Consciência plena de si mesmo. Brilhantismo. Notoriedade. Sucesso. A Luz interior que irradia para o mundo!

O SOL

Ô, Sol

Vê se não esquece e me ilumina

Preciso de você aqui

Ô, Sol

Vê se enriquece a minha melanina

Só você me faz sorrir

 

E quando você vem

Tudo fica bem mais tranquilo

Ô, tranquilo

Que assim seja, amém

O seu brilho é o meu abrigo

Meu abrigo

 

E toda vez que você sai

O mundo se distrai

Quem fica, ficou

Quem foi, vai, vai

Toda vez que você sai

O mundo se distrai

Quem fica, ficou

Quem foi, vai, vai, vai

Quem foi, vai, vai, vai

Quem foi

 

Ô, Sol

Vê se não esquece e me ilumina

Preciso de você aqui

Ô, Sol

Vê se enriquece a minha melanina

Só você me faz sorrir

 

E quando você vem

Tudo fica bem mais tranquilo

Ô, tranquilo

Que assim seja, amém

O seu brilho é o meu abrigo

Meu abrigo

 

E toda vez que você sai

O mundo se distrai

Quem fica, ficou

Quem foi, vai, vai

Toda vez que você sai

O mundo se distrai

Quem fica, ficou

Quem foi, vai, vai, vai

Quem foi, vai, vai, vai

Quem foi, vai, vai

 

Ô, Sol

Vem, aquece a minha alma

E mantém a minha calma

Não esquece que eu existo

E me faz ficar tranquilo

(Sol)

Vem, aquece a minha alma

E mantém a minha calma

Não esquece que eu existo

E me faz ficar tranquilo

 

E toda vez que você sai

O mundo se distrai

Quem fica, ficou

Quem foi, vai vai

Toda vez que você sai

O mundo se distrai

Quem fica, ficou

Quem foi, vai, vai, vai

Quem foi, vai, vai, vai

Quem foi, vai, vai, vai

Compositor: Vitor Kley

A MÚSICA DO ARCANO DE "O JULGAMENTO"

O Julgamento, do Rider-Waite tarot.

O Arcano Simboliza: Questionamento e investigação de si mesmo, ou de algo. Chegar a respostas há muito desejadas. Revelação. Compreensão profunda. Libertação do passado. Resolução de assuntos inacabados.

CAÇADOR DE MIM

Por tanto amor

Por tanta emoção

A vida me fez assim

Doce ou atroz

Manso ou feroz

Eu, caçador de mim

 

Preso a canções

Entregue a paixões

Que nunca tiveram fim

Vou me encontrar

Longe do meu lugar

Eu, caçador de mim

 

Nada a temer senão o correr da luta

Nada a fazer senão esquecer o medo

Abrir o peito a força, numa procura

Fugir às armadilhas da mata escura

 

Longe se vai

Sonhando demais

Mas onde se chega assim

Vou descobrir

O que me faz sentir

Eu, caçador de mim

 

Nada a temer senão o correr da luta

Nada a fazer senão esquecer o medo

Abrir o peito à força numa procura

Fugir às armadilhas da mata escura

 

Longe se vai

Sonhando demais

Mas onde se chega assim

Vou descobrir

O que me faz sentir

Eu, caçador de mim

 

Vou descobrir o que me faz sentir

Eu, caçador de mim...

Compositores: Luís Carlos Sá / Sérgio Magrão

A MÚSICA DO ARCANO DE "O MUNDO"

O Mundo, do Thoth tarot.

O Arcano Simboliza: Realização. Transcendência. Perfeição. Excelência. Romper fronteiras. Encontro do seu lugar no mundo. Fim de um ciclo e começo de outro. Êxtase. Comunhão. Compreensão. Integração Espiritual com o Todo.

AMOR DE ÍNDIO

Tudo que move é sagrado

E remove as montanhas com tudo cuidado, meu amor

Enquanto a chama arder, todo dia te ver passar

Tudo viver a teu lado

Com o arco da promessa no azul pintado pra durar

 

A abelha fazendo o mel

Vale o tempo que não voou

Uma estrela caiu do céu

O pedido que se pensou

O destino que se cumpriu

De sentir seu calor e ser todo

Todo dia é de viver

para ser o que for

e ser tudo

 

Se todo amor é sagrado

E o fruto do trabalho é mais que sagrado, meu amor

A massa que faz o pão

Vale a luz do teu suor

Lembra que o sono é sagrado

E alimenta de horizontes o tempo acordado de viver

No inverno te proteger,

No verão sair pra pescar,

No outono te conhecer,

Primavera poder gostar

No estio me derreter

Pra na chuva dançar e andar junto

O destino que se cumpriu

De sentir teu calor e ser todo

Compositores: Ronaldo Bastos / Beto Guedes

A MÚSICA DO ARCANO DE "O LOUCO"

O Louco, do Ancient Italian tarot.

O Arcano Simboliza: Ousadia. Liberdade. Inocência. Experimentação. Inovação. Projetos novos ou audaciosos. Rebeldia. Transgressão. Criatividade diante do inusitado. O imprevisível. Jovialidade ou imaturidade. Rompimento das regras ou do status quo.

BALADA DO LOUCO

Dizem que sou louco por pensar assim

Se eu sou muito louco por eu ser feliz

Mas louco é quem me diz

E não é feliz, não é feliz

 

Se eles são bonitos, sou Alain Delon

Se eles são famosos, sou Napoleão

 

Mas louco é quem me diz

E não é feliz, não é feliz

Eu juro que é melhor

Não ser o normal

Se eu posso pensar que Deus sou eu

 

Se eles têm três carros, eu posso voar

Se eles rezam muito, eu já estou no céu

 

Mas louco é quem me diz

E não é feliz, não é feliz

Eu juro que é melhor

Não ser o normal

Se eu posso pensar que Deus sou eu

 

Sim sou muito louco, não vou me curar

Já não sou o único que encontrou a paz

 

Mas louco é quem me diz

E não é feliz, eu sou feliz

Compositores: Arnaldo Baptista / Rita Lee